29.4.08

Segunda Escrita:

A proposta desta pesquisa consiste na visualização e análise do modo como a imagem, na obra de Joan Brossa, pode alterar as formas de escrita. Para isto, desde uma discussão realizada na teoria da literatura – aquela que entende a escrita da literatura enquanto um lugar possível de destruição – pretendo abrir algmas linhas analíticas dentro da obra do artista catalão. De início, interessa perceber a maneira como a escrita aparece na forma de uma ausência ou de um espelho – ou seja, somente através de alusões simbólicas e materiais e, portanto, não enquanto um processo comunicativo ligado à formação de qualquer sentido. A idéia, sobretudo, é sugerir que, ao incorporar a escrita em sua obra visual, Joan Brossa também apaga da escrita justamente aquilo que constitui seu atributo mais imediato: o comentário. Neste processo, afinal, a escrita deixa de se constituir enquanto profundidade para tornar-se talvez superfície ou poeira.

Para ler a dissertação, aqui

2 comentários:

Hermano Vianna disse...

gostei do "rapazinho da minha idade" - foi bom que descobri teu blog e ate' ja' baixei a dissertação

Victor da Rosa disse...

Valeu, Hermano. E que honra sua visita no blog. Espero que se interesse pela dissertação. Um abraço!