8.5.08

O embrulho e o imbróglio

Depois de embrulhar uma ilha, um rio, o parlamento alemão, dentre outras coisas, os artistas Christo e Jeanne-Claude querem embrulhar uma pirâmide egípcia. O gesto, sempre radical e por isso absolutamente poético, tem também, por outro lado, curiosidades e dimensões de espetáculo. A negociação para embrulhar o parlamento alemão, por exemplo, durou em torno de vinte anos. No entanto, pelas dificuldades que cria, sobretudo pelo procedimento absurdo e dispendioso, dificilmente agrada o senso-comum. Vale dizer também que os artistas não aceitam patrocínio para a realização destes trabalhos. Até onde sei, vivem das vendas dos desenhos dos projetos.



No site de Christo e Jeanne-Claude, é possível encontrar muitas informações sobre os últimos e futuros imbróglios. Segue o convite: http://www.christojeanneclaude.net/

Nenhum comentário: