6.5.08

Um bombom e um bomsai

Depois de um compromisso no Centro de Florianópolis, hoje de manhã, passei na Feira do Livro. Estava tão boa que comprei uma lapiseira nova, um bombom e um bomsai. Livros baratos só mesmo aqueles volumes que aumentam o número de não lidos da nossa biblioteca. Tenho um colega que, de tanto passar pela Feira, já comprou as obras completas do João Gilberto Noll - nada contra, são os fatos. E reitera que ninguém tem uma biblioteca de não lidos tão representativa quanto a sua.

Dos últimos 5 anos, pelo menos, esta é a pior edição. Diminuíram os estandes, poucas livrarias de outros lugares, quase não há promoções. As opções parece que se resumem a duas: ou se transporta a livraria do Shopping para a rua, com 15% de desconto, ou então se desloca os Sebos mais manjados. O espaço do escritor é uma piada. No ano passado, ainda trouxeram o Gabriel Pensador - ou foi o Maurício Kubrusly? E ainda tive que assistir um coral cheio de crianças tristes cantando Rancho de amor à ilha. O garoto que me vendeu o bomsai disse que toda manhã é assim. Neste ano, até o Prates ignorou.

3 comentários:

Fabricio Boppré disse...

Fui tentar achar a trilogia do Cormac McCarthy. Logicamente, não achei. Mas encontra-se aos montes aquele livro do Cormac que os irmãos Coen transformaram em filme. Tem aquele papelzinho na capa, "o livro que deu origem ao filme", por isso deve vender bem. Comprei uma lanterninha dessas que não precisa de pilha.

Victor da Rosa disse...

Bem, pelo menos você não terá mais este problema durante um bom tempo. Agora, acharás até a trilogia que o Cormac ainda não escreveu.

Aliás, gostei muito de receber teu e-mail. Respondo em breve. Muito obrigado.

Em tempo: ontem o futebol foi redondo. E o Figueirense, você viu? 5 x 5!

Fabricio Boppré disse...

É cara, de fato, aqui onde estou, encontrar livros não é mais problema.

Quanto ao meu e-mail, só desconsidera aquele complemento dos moleskines. Eles infelizmente não estão incluídos naquele preço de envio mais barato, que os livros têm. Mas se tu quiser, o Fernando deve comprar para ele quando vier aqui, daí ele pode comprar pra ti e te entegar em mãos aí.

Quanto ao Figueira, cara, depois do que o Flamengo me aprontou na Libertadores, eu devo demorar para voltar a me interessar por futebol. Menos mal que por aqui tem diversas outras coisas para ocupar a mente...