21.1.09

SOUSA CRUZ E

Semana passada, no blog, recebi um comentário de joão s. Cliquei e caí no seu flick, aqui. Descobri que joão s é autor de uma série de pequenas intervenções que tenho visto no Centro de Florianópolis, sempre com entusiasmo - ou pelo menos imagino que é autor, já que estas imagens estão todas no seu flick.

De todas, a do SOUSA CRUZ E é a que mais gosto. Se não me engano, está na Av. Hercílio Luz, perto do Clube Doze. Acho o jogo de palavras muito simples e eficiente. Por outro lado, também me chamou a atenção o poema visual de Joan Brossa, a arma enquanto poema, já que são poucos os admiradores de Brossa em Florianópolis. O poema de Brossa, é certo, está na escadaria do Rosário, perto do teatro da UBRO.

Acho que há muito silêncio nestas intervenções de joão s, muito interesse no fazer, coisa que admiro cada vez mais, sobretudo nesta cidade cheia de diversão e arte.

2 comentários:

Pedro Bennaton disse...

Vitor, mas você rompeu com o silêncio do João S. E agora?
Respeito e acho as práticas do João S (agora eu sei o nome) das poucas na cidade que não se submetem a ser uma cópia de Banksy. Adoro as meias frases. Que continuem!
Por favor, Vitor, não divulgue uma foto do João S.
Abraços
Pedro

Ruy Vasconcelos disse...

bacana ter notícia das interferências do joão s no centro de uma cidade q. tanto pezo.

nas, como o comentário acima. prefiro as interferências e seu vago e charmoso anonimato. nada de fotos do artista.

abs. e boa casanova,