16.1.09

Miniaturas

Compartilho um texto do crítico, poeta e amigo André Dick, sobre meu livro e meus últimos poemas, além de toda a série dos poemas, em sua coluna de poesia contemporânea: a Invenção, aqui.

Ao lado, um objeto de Cláudio Trindade, o maior culpado por estes poemas novos.

Nenhum comentário: