12.1.09

O urubu, o cavalo e o motoqueiro

Meu pai que me contou hoje de manhã, para começar a semana:

Visse em São José?

Não vi, pai.

Um cavalo morreu e a prefeitura não tirou de lá. Ficou. Os urubus perceberam e foram dar umas bicadas no cavalo. Estava lá deitadão. Uns dez urubus. Nesta, um motoqueiro passou a toda e trombou em um urubu daquele. O urubu também vinha a toda. Acaba que matou o motoqueito, acredita?


Hm.......

Aí ficou o cavalo morto de um lado. O motoqueiro de outro. A moto jogada.

E o urubu, pai?

O urubu?! - pensativo, tomou um golinho de café. Olhou a cena toda, viu a merda que tinha feito e até agora está desaparecido.

Nenhum comentário: