15.1.09

A voz inútil

Nunca acreditei em abaixo-assinado, nunca assinei, nem por pequenas causas. E recebo um abaixo-assinado, organizado por uma ONG, a favor do cessar-fogo na faixa de Gaza. Pior, on-line. A minha conclusão é a seguinte: somos impotentes e não aprendemos a suportar nossa impotência. O gesto de assinar um abaixo-assinado sempre me pareceu semelhante ao gesto do sujeito que se confessa: redenção por mea culpa, silenciamento da consciência. Agora, tudo se resolve com um click. Que relevância tem um abaixo-assinado on-line quando as autoridades de Israel ignoram um pedido da ONU? O nome da ONG, AVAAZ, curiosamente, significa voz.

Nenhum comentário: