4.2.09

Nota de leitura: Oldboy

Fazia tempo eu não assistia um filme - sobretudo contemporâneo - com uma narrativa que me surpreendesse tanto. Desde Amores Perros, talvez. Oldboy, do coreano Chan Wook Park, consegue chegar ao extremo da poesia com a cena de um personagem cortando a própria língua.

2 comentários:

Maiza disse...

sorria e o mundo sorrirá com você, chore e você chorará sozinho.

(chorará soa legal, não?)

eu gosto muito desse filme, mas ele me dá enjôo (que agora é enjoo, mas eu ainda to fazendo resistência à nova ortografia).

Aleph Ozuas disse...

pô, contasse o final! hehehe vi esse filme faz alguns anos, é muito bom. Todos os filmes do Chan-wook Park são ótimos e ele adora o tema vingança. Dá uma olhada no "Lady Vengeance", é muito bom. E o "I'm a Cyborg, But That's OK" também. Nesse ele relembra a época que ficou internado e a vingança é contra os médicos.