1.2.09

"Quatro reais e cinquenta e dois centavos"

É sábado e a tua namorada está viajando. Onze horas da noite. Você está sozinho no apartamento. Todos os teus amigos vão pra balada. Você gostaria de tomar uma cerveja. Teu grande amigo não atende o celular. Você manda uma mensagem. A tua internet cai. Você telefona para o servidor e, óbvio, ninguém atende. Você liga para o pai, diz que o ama muito. Depois você vai tomar um banho para distrair. Quando está se secando, teu celular apita uma nova mensagem. Você corre - pelado mesmo - pra atender. É a salvação, pensa. Mas, grande decepção, se trata de um mensagem da TIM avisando que seu crédito é de quatro reais e cinquenta e dois centavos.

2 comentários:

Ricardo Dalai disse...

andou me observando essa noite? rs

Ruy Vasconcelos disse...

putz. que tremendo desterro!

espero q. a solidão da noite de sábado tenha rendido mais que os quatro mi'réis e cincoenta e dois cents. pelo menos rendeu essa micro-crônica.

pois é, viejo, nem todo sábado se faz de embalos e noitadas. mesmo quando os hormônios estão em polvorosa.