12.5.09

Juízo final

Eu queria escrever um conto em que um personagem termina de escrever sua dissertação de mestrado, percebe que o apartamento está pegando fogo, algo assim, e então ao invés de sair correndo, qualquer coisa, não, o sujeito fica procurando o pen-drive pra salvar o documento de word. Eu estava achando bem engraçada esta idéia de salvar o documento. Claro, ele salvaria o documento ao invés de salvar a si, seria uma alegoria. O conto se chamaria justamente Juízo final e faria um paralelo, de modo sugestivo, entre o final da dissertação - a defesa, propriamente, o luto, a mesma coisa - e o final da vida, já que no final do conto o personagem se jogaria do quinto andar, em chamas, com o pen-drive firme em uma de suas mãos, salvo. Mas eu não sei escrever contos.

4 comentários:

Anônimo disse...

uma pena, né. faz um curso. não existe um curso pra isso?

Anônimo disse...

O cara desse blog aqui parece que sabe, pede pra ele escrever pra ti sob encomenda.
http://www.olhoefolego.blogspot.com/

Júlia Eleguida disse...

seria belo, se não existisse camões. seria trágico se fosse verdade.

Carol Marossi disse...

victah, mestrados causam sequelas irreparáveis nas nossas vidas. um pouco depois da minha qualificação, quase me joguei da janela do terceiro andar - sem pen drive, rs.

beijinhos e sorte!