19.6.09

2 -

Ficarei mais um tempo com o teu cachecol. Ele fica bem com várias de minhas roupas, você mesmo disse, é quente e mais bonito do que o meu. Você está precisando? Não gostaria que você passasse frio por uma vaidade minha. Acho ele um pouco grande pra você, não combina. Percebi que você comprou um cachecol novo e posso garantir que ficou muito melhor. Não sou a única pessoa que está dizendo isso. Na verdade, vou dizer de uma vez, pensei em não devolvê-lo mais. Talvez você não tenha percebido, mas nas últimas duas vezes em que nos encontramos eu estava com o cachecol que ganhei de minha mãe. Foi uma escolha absolutamente calculada, agora posso dizer. Não que eu imaginasse que você, com todo aquele frio, iria pedir o cachecol de volta na frente de todo mundo. Pensei, isso sim, que você pudesse se acostumar aos poucos com a falta. E eu gosto mais do que você da cor azul. Sabe aquela conversa que iniciei no café sobre a relação de Wim Wenders com o vazio? Meu único objetivo era mostrar a você o quanto sou apaixonado pelo azul. De resto, já dormi duas vezes com o teu cachecol e ele está cheio de bolinhas. Gostaria por isso que você me desse de presente, o que acha? Só assim as coisas poderiam continuar amenas entre nós.

Nenhum comentário: