30.6.09

Morre Pina Bausch



Os momentos mais inesquecíveis que tive diante de uma obra de arte aconteceram em 2006, na cidade de Porto Alegre, durante três horas, no espetáculo para as crianças de ontem, hoje e amanhã, de Pina Bausch. A cena da foto é a primeira cena do espetáculo: um personagem que quase cai. Quando cheguei em casa, ainda encontrei alguns vídeos de Café Muller, mais uma vez de uma personagem caindo, aqui. Foi uma das únicas vezes, diante de um espetáculo, em que tive vontade de chorar. Não entendo muito da obra de Pina Bausch, mas tenho a impressão de que seu interesse foi um só: a fragilidade humana. E eu não sei como Pina Bausch chegava a resultados tão sublimes com tão pouco material. De fato, Pina dizia coisas muito simples sobre seu processo, algo como: não interessa onde o ator vai chegar, mas as dificuldades que ele vai encontrar neste caminho. Lembro que, em Porto Alegre, a artista assistia a primeira parte do próprio espetáculo sentada em duas ou três poltronas na minha frente. Ela se levantou no meio, ainda no escuro, sempre de preto, muito pequena, e tão perto, era como um fantasma passando. Acabo de saber que Pina Bausch morreu hoje de manhã, aos 68 anos, cinco dias depois da notícia de um câncer fulminante. Morreu coerente com sua obra.

3 comentários:

Lucian Chaussard disse...

Putz, não acredito. Ela ia fazer dois espetáculos em setembro no Brasil, estava quase me convencendo a ir apesar do preço. Nunca vi nada dela, só E la nave va, mas sempre me falaram muito bem. Teu blog foi o primeiro lugar que li a notícia, e, por um segundo, achei que poderia ser sacanagem tua, mas infelizmente dessa tu fosses sério.

Lucian Chaussard disse...

*vez

Victor da Rosa disse...

tomara que os espetáculos aconteçam. as únicas vezes que pina bausch atuou foi em café muller e no filme do almodóvar, acho. café muller estava sendo reapresentado, tenho alguns conhecidos que assistiram em bcn faz alguns meses, com a pina bausch no palco, mas não sei qual seria o cartaz de sp. de qualquer modo, se os espetáculos aconteceram e se você conseguir ingressos, não perca. pode ser melhor do que qualquer coisa. abração.