18.7.09

Luva de pelica

O texto do tapinha com luva de pelica, como queira, foi publicado hoje, no DCultura, aqui. Para os desavisados, já rolou uma discussão - se é que podemos falar assim - em dois posts anteriores. Ainda não vi o jornal impresso e na internet não consegui saber qual imagem o editor usou, de modo que estou curioso. Não sugeri nenhuma, naturalmente.

PS. lembro ainda que, antes mesmo de publicar Um tapinha não dói, aqui no blog, há uma semana, justamente reclamando da ausência de recepção crítica na cidade, o crítico e artista Fabio Salvatti escreveu sobre a performance do ERRO Grupo, texto que foi publicado no Sopro, aqui - e que contradiz meu argumento em parte, já que se trata, é evidente, de uma recepção crítica. A curiosidade é que Fabio não vive em Florianópolis.

5 comentários:

Anônimo disse...

De que marca é a sua luva?
Parabéns pela publicação!
Foi você mesmo quem escreveu? Ou foi um ghost-writer?

Lúcia disse...

Victor!
Parabéns! Ampliando a discussão!
Só você mesmo.
I love you!

Anônimo disse...

parabéns victor: todo gênio é incompreendido por seus contemporâneos! continue assim, você é orgulho da nossa cidade.

Anônimo disse...

nofha... quanta viadagem

Anônimo disse...

discutindo sobre o q???