8.9.09

Linha do Equador

Parece que sempre no final dos shows do Beirut, pra fazer um grau, o vocalista chama o público pra subir no palco e cantar junto. Notem a pequena diferença entre um show realizado em Colônia, na Alemanha, há um mês, com todo mundo comportado cantando em volta, bonitinho, aqui; e um show realizado na Bahia, no domingo, aqui. Dizem que na segunda-feira, além da ressaca, o sr. Beirut não encontrou um pandeiro e um microfone; roubados. O resto é especulação.

2 comentários:

Í.ta** disse...

"brasil, meu brasil brasileiro".

chegaê, sim.
então espero teu contato.

até mais ver!

miimss disse...

Brasileiro adora reforçar estereótipos. Ao invés do pandeiro, poderiam ter roubado o sousafone... hehe.