10.9.09

O cômico, o trágico e outros gêneros do futebol [ou apenas: aguenta, coração]

É tanta coisa que aconteceu nesta noite de futebol que não dá pra passar em branco. Estou desde às 20h nisso. Aguenta, coração. Torci pra Argentina e sequei a seleção brasileira, como sempre; e perdi, como sempre. Porque no futebol são quatro as categorias do torcedor decadente, leia-se: o azarado, o pé-frio, o secador e eu. Isso em escala decrescente. Depois disso só o suicida.

Mas nisso tudo tem o Nilmar, que salva. Que graça é o Nilmar, gente. Tem aquela cara de paspalho que todo jogador da seleção brasileira precisa ter, mas é diferente do Kaká, por exemplo. O Nilmar provavelmente dividia lanche no colégio; o Kaká devia comer tudo sozinho. Tudo se resume nisso, acho.

Depois tem o Maradona. Assisti o jogo inteiro da Argentina. Sou argentino doente, agora. Vesti a camisa. Legal de ver jogo em canal fechado é que quando o jogo está ruim, muito ruim, a galera avacalha e não quer nem saber. Teve uma hora que o Papa, da Argentina, estava isolado na ponta-esquerda, naquela confusão de meio-campo, e o comentarista disse algo assim: e o Papa que tá lá isolado rezando a missa sozinho.

Acontece que aos 30 do segundo tempo, no desespero, Maradona olhou pro banco de reservas, não tinha nada que prestasse e então chamou o Schiavi, zagueiro de 36 anos, 1m90cm e uns 15cm de nariz, sei lá, pra jogar de centroavoante. Cruza na área pro Schiavi!, vazava no microfone. Galera, apelou. Estava lá o Schiavi plantadão no meio da área, fazendo companhia pra trave. Isto pra mim é o espírito trágico levado às últimas consequências. Não pode, não.

Então os comentaristas, que não tinham mais o que narrar, começaram a dizer que o Schiavi já tinha dado uns pegas na Sandra Bullock, que já tinha colocado o nariz não sei onde. E tudo baseado em fatos reais. E nem comecei a mentir.

2 comentários:

Í.ta** disse...

torcer pra argentina é a decadência.

é pior do que não torcer pra seleção nenhuma e acompanhar futebol, que é o que faço =D

Anônimo disse...

fraco.