31.10.09

Amigos, amigos ...

Em setembro de 1849, Flaubert convidou, para sua casa de Croisset, nos arredores de Rouen, dois de seus melhores amigos (Maxime Du Camp e Louis Bouilhet) para ouvirem a leitura de um manuscrito. Tratava-se de A Tentação de Santo Antão, livro estranho escrito a partir da impressão que lhe causara um quadro de Bruegel. Em quatro jornadas de quatro horas, leu-lhes o texto, mas o veredito dos amigos foi negativo: "Você deve queimá-lo e nunca mais falar dele"

Um comentário:

Anônimo disse...

http://tvuol.uol.com.br/#view/id=william-marca-de-bicicleta-e-avai-bate-atleticopr-por-2-a-0-04023166D0B16366/user=t2pjn3videvl/date=2009-10-31&&list/type=tags/tags=1829/edFilter=all/

rs.

ah, gostei da idéia do post dos los hermanos!