23.11.09

O pesquisador diz:

Esse artigo discute, com base na teoria semiótica discursiva (FLOCH, 2001; LANDOWSKI, 2001; OLIVEIRA, 2001 e 2008; RAMALHO, 1998), as produções de sentido no desenho animado contemporâneo Bob Esponja Calça Quadrada a partir da análise das aberturas de três episódios dessa animação; são eles: Beijos da vovó, Másculo mesmo sem casca e Foguete da Sandy.

Um comentário:

Anônimo disse...

Sr. Siriguejo tem uma reunião com seus velhos companheiros da
marinha. Ele perde sua carapuça, pois está gordo de mais e se desespera, já
que não vai poder aparecer sem ela na reunião. Bob acidentalmente entra na
carapuça, então Siriguejo tem a idéia de que Bob vá à reunião em seu lugar.
No encontro Bob acaba recebendo o troféu masculinidade no lugar de Siriguejo
e acaba sendo desmascarado, mas no fim do episódio todos percebem que
não mais os mesmos que há anos atrás.
Ao pensarmos na temática tratada por esse episódio (masculinidade) a
cor escolhida para a abertura dessa animação causa algum estranhamento, já
que, como comentei anteriormente, a cor rosa diretamente nos remete ao universo feminino e normalmente está relacionada ao amor, ao carinho, a
fragilidade e delicadeza. E é só essa cor, em diferentes tons que aparece. No
título em inglês na cor rosa claro. E nas imagens de siris envoltas nas laterais
por linhas verticais sinuosas um tom um pouco mais escuro dessa mesma cor.