8.11.09

ode à são paulo

bolha no pé
dor nas costas
no pescoço e na panturrilha
braço queimado do sol
rosto oleoso de suor
olho vermelho de sono
ronco na barriga de fome
tênis desamarrado
cabelo despenteado
e um longo caminho até chegar
em casa

4 comentários:

mcris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
f. disse...

ingrato!

Carol disse...

concordo com o vdr
todos parecem com pressa e estressados
o tempo tem outra dimensão
mas é ótimo... por uns dias... só por uns dias

Anônimo disse...

em floripa me sinto do mesmo modo, a única diferença é o mar, que dá um respiro.