5.2.10

Tudo Sobre Minha Mãe (I)

teresa diz: ontem fomos em canasvieiras, ver o boi de mamão que a sueli participa

victor diz: q legal; e gostaram?

teresa diz: sim; tu ias adorar, o cara que conduz o evento é um artista

victor diz: talvez eu não gostasse, mãe; eu não gosto de todos os artistas

teresa diz: mas você ia, eu te conheço

victor diz: tá bem; e o pai?

teresa diz: o pai adorou; até levou a tam-tam do betinho e tocou junto com o pessoal

victor diz: hahahahaha

teresa diz: tá rindo de q?

victor diz: to achando engraçado, mãe

*

Minha mãe merece afinal um espaço privilegiado neste blog. Minhas conversas com ela através do MSN, situação completamente inédita na minha vida, são absolutamente delirantes e sem sentido. Além do fato de que nunca nos entendemos muito na vida, nem mesmo pessoalmente, está também sua absoluta falta de maneiras com a internet. Por outro lado, me sinto na obrigação de lhe dar notícias diariamente. E o MSN acaba sendo a melhor opção, por incrível que pareça.

Além de usar constantemente o capslock, minha mãe acabou de descobrir o recurso de chamar a atenção, por exemplo, coisa que pra ela é muito útil, principalmente pra conversar comigo. Ela usa o recurso a todo o momento. Se eu digo que não posso falar porque estou saindo pra tomar uma cerveja com os amigos, então ela chama minha atenção. Outra coisa que ela adora são aqueles ícones enormes. Dia destes eu estava num café e ela começou a mandar uns beijos vermelhos que enchiam a tela do computador e além do mais faziam um barulho estrondoso.



Tenho um amigo que me disse que as histórias de família eram as melhores do blog. Espero que as histórias com a minha mãe venham substituir esta falta.

3 comentários:

Bárbara disse...

Eu adoro as histórias de família. Acho engraçado como a cabeça vai fazendo ligações e vou visualizando situações e deduzindo as influências de comportamento.

Munique disse...

Estou ali também!

miimss disse...

Tens uma amiga que tbm sempre te diz isso, não é? =)