28.4.10

Meu mapa astral

Minha mãe diz que eu tenho o pavio curto. Não só a minha mãe, aliás. Meus amigos também dizem. Às vezes até os conhecidos. E gente que eu conheço no dia. Pois bem. Todas estas pessoas deviam dar uma olhadinha no meu mapa astral. Que está mais, na verdade, para um mapa desastral. Das dez casas, vou dizer, cinco estão em escorpião. Dentre elas, as três principais: sol, lua e mercúrio. E ainda, nas outras cinco, há capricórnios e sagitários. Se já é difícil conviver com quem tem uma casa em escorpião - tente lembrar de alguém - então dá pra imaginar mais ou menos a gravidade do meu caso. Em outras palavras, meu mapa está para o zodiaco assim como, sei lá, o ornitorrinco está para a espécie animal. Quem entende de zodiaco mantém uma distância prudente. Minha astróloga, orgulhosa por conhecer um caso tão raro, diz que sou um vitorioso pelo simples fato de não ter me suicidado antes dos 25 anos. Ou seja: pavio curto é o teu pai!

3 comentários:

Anônimo disse...

não consigo entender direito o significado de tanto escorpião assim ao teu redor, mas imagino que seja um perigo realmente. te conheço pouco e nunca me passou pela idéia que foste pavio curto, mas agora algo me veio a mente: tua mãe vai ficar cheia de si quando souber o resultado do teu mapa - a astrologia confirma o que ela já sabia faz tempo.
mãe é mãe.

Anônimo disse...

isso é só pose. o victor é um doooooce. até vai ler seus poemas no terças poéticas! como pode algo mais doce do que isso?

gabrieljacomel@yahoo.com.br disse...

Victor, as casas em um mapa são sempre 12... o que mencionaste são os Planetas (na Astrologia a Lua também é chamada de planeta para fins práticos) posicionados em determinados signos! a configuração do sistema de casas pra cada mapa depende do horário de nascimento e da latitude.