11.6.10

O único que desceu até o chão

Rosette Rosa, aqui, em conversa telefônica com a nossa redação, diz que adorou os jogadores sul-africanos, mas não curtiu nada o scratch mexicano: ninguém merece um goleiro baixinho e um meio-campo gordinho! E depois do primeiro gol da Copa, do primeiro impedimento, da primeira falta, do primeiro cartão amarelo, da primeira entrada mais dura, como fazia questão de lembrar o nosso Galvão Bueno, Rosette diz também que já elegeu o primeiro gato: Tshabalala, o autor do gol africano. Além daquela coisa bruta de negrão africano, o Tshaba também é meio viado, como os meio-campistas ingleses, que usam cabelo amarradinho, chuteira lilás, esta coisa toda; e ainda pergunta: você notou que na dancinha ele foi o único que desceu até o chão!? Digo que não cheguei a notar e pergunto quanto será o jogo entre Uruguai e França. Eu que vou saber!, Rosette responde.

Um comentário:

Anônimo disse...

Achei o zagueiro do México bem gato também!