14.12.10

Circuitos anti-ideológicos

Em uma sala da Bienal de São Paulo, onde estão as notas dos circuitos ideológicos de Cildo Meireles, deixei duas notas falsas esquecidas no chão, como se tivessem caído da moldura. Aquela era uma das salas mais vazias da Bienal, que aliás nem estava tão cheia, talvez porque fosse segunda-feira. Durante o tempo em que permaneci fazendo poses para a câmera, de fato, ninguém passou por ali. Quando voltei, cinco ou dez minutos depois, as notas já não estavam mais. Além disso, dois seguranças, um em cada entrada da sala, com os olhos atentos e os braços cruzados, não faziam cara de bons amigos. Pensei em fotográfa-los, talvez trocar alguma idéia, mas não faziam cara de bons amigos mesmo. Alguma coisa deve ter passado.



Nenhum comentário: