2.12.10

Reflexão de domingo



Certa vez, um provável especialista em literatura nonsense disse, cercado de incrédulos, pra nos humilhar, e disse categoricamente, que Chesterton era isso e aquilo, e que seu grande livro, O homem que foi terça-feira, era... Mas, meu caro, não seria quinta-feira? E um amigo, ontem, que perguntou se eu tinha o livro de John Cage traduzido, aquele, como é?, De terça a um ano. Porra, é segunda! Ah, ele responde, é que a semana anda muito corrida!

2 comentários:

Victor da Rosa disse...

moral da história: os dias da semana passam, mas os livros não.

katherine funke disse...

pode crer...