13.2.11

A samba-canção do Bezerra



Bezerra da Silva, quando ainda vivia no morro do Cantagalo, passou uns dias juntando uma grana pra comprar uma cueca samba-canção que tinha visto em uma vitrine em Copacabana. Depois disso, Bezerra foi mendigo e assim ficou durante sete anos, até tornar-se o sambista que todo mundo conhece e alugar um apê no Botafogo, mas nada disso vem ao caso agora. A questão é que, no tempo da pendura, antes da mendicância e da fama, Bezerra cultivou este pequeno sonho: aparecer na porta do barraco posando com a bela samba-canção. O sambista, que trabalhava de pintor, fazia serviços gerais em construções, estas coisas, economizou uns trocados aqui, outros ali, e acabou comprando a samba-canção. Deixou a cueca preparada pra quando chegasse em casa, em plena sexta-feira, pudesse ter o prazer de vesti-la pela primeira vez.

Acontece que quando Bezerra chega em casa - quem conta a história é o próprio - encontra a mulher com outro na cama, debaixo dos lençois, aos beijos e amores. Neste caso, tem flagrante. O amante, que decerto não era bobo, pula da cama, tenta escapar; e então a decepção de Bezerra é ainda maior, devastadora, de fato: o sujeito vestia justamente a samba-canção que o Bezerra havia acabado de comprar. Como é que é? Como é que tá? A confusão foi geral, Bezerra quer matar a mulher, fica descontrolado, apanha uma faca na cozinha, maior gritaria, o amante não sabe se corre, os vizinhos intervém, e Bezerra logo se acalma; acende um cigarro e diz pro malandro: pode levar a mulher que ela não vale nada, mas a cueca, malandro, pode ir logo tirando, a cueca fica!

7 comentários:

Fifo Lima disse...

é isso aí, a cueca fica!

Victor da Rosa disse...

aí está o samba: http://letras.terra.com.br/bezerra-da-silva/188379/

rafael campos rocha disse...

bezerra é gênio!

jessé torres disse...

boa história!

jean mafra em minúsculas disse...

história é ótima. engraçada.
mas talvez o teu jeito de contar, talvez, lhe deu um ar tão melancólico...

impressão minha, talvez, mas achei tristíssimo o causo.

bom isso, victor. conseguisse contar a coisa lindamente.

cledivaldo disse...

bezerra foi e será un gênio da musica popular brasileira ,tenho orgulho en ter conhecido e ter feito uma linda amizade.DEUS O TENHA NUM ÓTIMO LUGAR.FICA COM DEUS MEU E NOSSO ÍDOLO.

Anônimo disse...

ELE FOI E SERÁ UM GÊNIO.