5.3.11

Obra de peso



Na última quinta-feira, na cidade de Joinville, foi inaugurada uma instalação pública do grande artista alemão Markus Lupertz. A obra, que pesa em torno de 30 toneladas - jamais houve em Santa Catarina a realização de uma escultura com tanto peso - consiste em um caminhão afundado em uma praça da cidade. Segundo o artista - que esteve na cidade para a inauguração, mas falou pouco - a obra tematiza o caos urbano. Financiada pela Fundação Cultural de Joinville, a instalação de Lupertz causou polêmica na provinciana cidade catarinense. Isso é arte?, pergunta uma transeunte desavisada que estava passando por acaso na praça Dario Salles. Além de degradar uma praça da cidade, a obra também degradou os cofres públicos. Para ser realizada em sua plenitude, a obra contou com a mão-de-obra de mais de 10 profissionais, além de estadia, alimentação, passagem área e cachê do alemão, que não foi divulgado. De outra maneira, a escultura ironiza o próprio poder público na medida em que se apropria de um caminhão da própria Secretaria de Infraestrutura da cidade. O curador da obra, no entanto, não concorda com as acusações: A obra não degrada, ela mimetiza a degradação, argumenta.

3 comentários:

Í.ta** disse...

eu o vi, enquanto andava pela cidade, prestando atenção em coisas que nem sei o nome...

Kelvin Falcão Klein disse...

Isso é mentira! :-)

Giórgio Gislon disse...

que lindo!