7.11.11

A quarta ponte e mais maravilhas

.
Por Victor da Rosa para DC



A quarta ponte nem está pronta ainda e já foi eleita pela Comissão de Assuntos Inconvenientes como a sétima maravilha de Florianópolis. Aliás, digo a sétima maravilha por falta de tempo e principalmente por falta de criatividade, pois certamente há mais que sete; talvez haja umas 15 ou mesmo umas 20 maravilhas nesse nosso pedacinho de terra que já foi perdido no mar, como disse Zininho uns anos atrás, mas não é mais. A quarta ponte, provavelmente a única ponte do mundo que liga um aterro a outro, vem coroar uma série incrível de grandes e pequenos monumentos destinados a nos lembrar do quanto somos, digamos assim, maravilhosos.

PRIMEIRA MARAVILHA: Memorial ao Miramar. Realizado para lembrar o antigo bar e trapiche Miramar, que funcionava no tempo em que Florianópolis ainda não se chamava Nossa Senhora dos Aterros – segundo nos lembra o presidente honorário da nossa Comissão, Fábio Bruggemann – o monumento parece mais a cara de quem fez do que outra coisa.

SEGUNDA MARAVILHA: Beira-mar continental. Criada para desafogar o trânsito do bairro Estreito, a curiosa Beira-mar continental não pôde atravessar a Marinha e por isso terá que acabar em uma sinaleira que demora cinco minutos pra abrir, ao lado de um estádio de futebol com capacidade para 20 mil pessoas. Desta maneira, o trânsito no começo do bairro será deslocado para o fim do bairro.

TERCEIRA MARAVILHA: Shopping Iguatemi. Um dos mais ousados empreendimentos realizados nos últimos anos, o mencionado Shopping se destaca, no meio de tantas maravilhas, por não ter sido levantado sobre um aterro. A solução da construtora foi mais rápida, prática e eficaz: levanta a bagaça direto em cima do mangue. Após pagar indenização aos jacarés que viviam na região, segundo uma negociação cheia de mal-entendidos, o Iguatemi foi construído, por motivos que desconheço, em apenas duas semanas.

QUARTA MARAVILHA: Elevado do Trevo da Seta. Mais recente empreendimento da nossa Prefeitura, conhecido carinhosamente no sul da Ilha como “Só os avaianos são felizes”, o elevado que liga os bairros Costeira do Pirajubaé e Rio Tavares foi construído especialmente para homenagear a queda do Leão da Ilha para a segunda divisão.

QUINTA MARAVILHA: Terminal Integrado do Saco dos Limões. Construído pela prefeitura anterior, que promete se eleger outra vez e realizar novos terminais para a população carente, o terminal de ônibus do Saco dos Limões, além de ter custado quase R$ 2 milhões para os cofres públicos, é o único lugar do mundo onde ninguém jamais nunca esteve. Na verdade, o que eu disse é mentira. De uns anos pra cá, o Terminal passou a ser utilizado por um grupo de capoeiristas e por uma turma de peladeiros que organiza partidas de futebol com trave improvisada.

SEXTA, e última, MARAVILHA: Boitatá Incandescente. Pouco conhecido da população em geral, a escultura de 15 metros de altura e quase duas toneladas, que também parece a cara de quem fez, se encontra no campus da UFSC, bem na frente do lago. Inspirada no universo bruxólico e com uma câmera anexada na cabeça, o boitatá tinha como principal função vigiar e punir o casal de patos que morava no lago, mas parece que os patos passaram no vestibular pra Letras e agora estão fazendo sucesso como a mais nova dupla de sertanejo universitário

6 comentários:

rafael campos rocha disse...

hahahahah! que coisa doida! muito bom!

Alessandra Knoll Pereira disse...

Tem bem mais que 7 sim, Victor. Mas ali a questão do shopping, eu acho que seja a mais contraditória, porque se for analisar, depois do shopping tem um cara com uma "fezendinha", umas vacas e tal... então se o iguatemy tiver tivesse que sair dali, aquele cara também deveria... mas sempre vai ter quem defenda o pobre das vacas e jogue pedras no "dono do capital". Sei lá, entende? hahaha muita coisa aqui da ilha é em cima do mangue, já ouvi dizer que o mangue ia até onde fica hoje o colégio catarinense... (nada contra o CC)então, se for assim, vamos tirar metade dos moradores de Floripa! Não seria má ideia. Ainda bem que moramos no continente! Abraço!

Kézia Lenderly disse...

Muito bom, adorei o texto. Estou confusa, não sei se rio ou se choro.

Anônimo disse...

o cara da fazendinha já era, tiraram o cara... o iguatemi ta la

Paulo Rosa disse...

Vitinho... cara, esquecesse de falar do curiódromo, em frente ao Iguatemi. kkkkk, adorei essa crônica... muito boa!!!

Anônimo disse...

em Fortaleza o Iguatemi também foi construido em cima do manguezal pelo
ex-senador Tasso Jereissati.
sempre aparece umas cobras dentro de alguma loja...