9.7.12

Marchinha das eleições


Por Victor da Rosa
crônica publicada no Diário Catarinense
.















Agora que os partidos
Definiram posição
E já estão preparados
Para mais uma eleição
É hora do triste eleitor
Você, meu nobre leitor
Se inteirar da situação.

É que depois da enrolação
Agora começa outra
É o período da campanha
Quando tudo é ficção
Quando ateu vira espírita
Eles fingem que nos enganam
E a gente finge que acredita.

Pois apresento os candidatos
Mas só os três principais
 Já não é um bom começo?
Os outros eu mal conheço!
Não saíram nos jornais
E eu lá sou cronista
De ficar correndo atrás?

1 –
Não digo que é aprendiz
Pois aprendeu desde criança
A ser um prefeito bom
O pai lhe escreveu a giz:
Se assumir na quinta-feira
Na sexta falte à reunião
Pra ver a Casa Feliz.

Nos anos de deputado
Preferia o feriado
Quando era colegial
Foi nomeado secretário
No esporte e na cultura
Era um olho na maratona
E o outro na capital.

2 –
 Se beleza ganhasse voto
Seria a prefeita certa
De parar a sinaleira
No discurso de campanha
Não digo que seja perfeita
Mas a estampa de oncinha
Arrasa na passarela.

Se fosse pra defini-la:
Um misto de Ideli Salvatti
Com Marília Gabriela.
E o nome, já conhecido
Do cidadão desassistido,
Não deve ser confundido
Com o penteado dela.

3 –
De metáfora em metáfora
Se ganha uma eleição
Mas com voz de gafanhoto
E um cabo eleitoral
Que está mais para encosto
 – atraso espiritual –
Não convence muito, não.

O terceiro candidato
Vereador mais votado
Com mais de 10 mil ordenados
Até prefeito já foi
Mas, coitado, o próprio pleito
Durou nem duas semanas
E viu que não leva jeito.

11 comentários:

rafael campos rocha disse...

lindo.

Mari Machado disse...

"Machistinha das eleições":Quando falar de mulher, não pode faltar falar da beleza... Pois é isso que importa (numa mulher) né? Patético e machista.

Victor da Rosa disse...

Olha, Mari, se os candidatos do sexo masculino fossem bonitos, eu até elogiaria a beleza deles também, mas convenhamos que não é este o principal atrativo deles.

Anônimo disse...

"Machistinha" das eleições foi ótima... a velha estetiotipazzZZZZZZZZZZzzzZZzzz...

Mari Machado disse...

É que, até onde eu estou sabendo, a Angela está se candidatando a prefeita.Penso que o atrativo nela não está e nem tem que estar na beleza, já que ela não está se candidatando a miss Florianópolis. Os outros (homens) receberam piadinhas sobre suas índoles, eu acho que preferiria que tu falasse mal do trabalho da Angela do que viesse com essa de que "pra prefeita ela não serve, mas pra passarela..." Mas ok, estou pronta pra te ouvir dizer que eu não entendo piada, porque, né, foi só uma piada.

Victor da Rosa disse...

Mas ela tem boa índole, Mari. Gosto dela até. Só que, sei lá, ela usa blusa de oncinha, sabe?

http://fashionvoto.tumblr.com/post/5312998693/oncismo

manoela de borba disse...

não acho machista, não. a própria candidata explora isso!
gostei, Victor!

Victor da Rosa disse...

Obrigado, Manoela!

Anônimo disse...

Agora é proibido ser cafona? Se ela usa blusa de oncinha, problema dela. Por que SEMPRE julgam uma mulher pela aparência? Se ela fosse feia e usasse blusa de oncinha, seria cafona e chamada de desleixada, como é uma mulher sexy e usa oncinha, ah, a candidata explora isso? Pra mim ela pode usar o que quiser, desde que seja competente. Se fosse julgar um homem por critérios tão imbecis quanto este eu diria que o Gean não serve para prefeito, com uma voz de "castrato" daquelas.....

Victor da Rosa disse...

Pois eu digo exatamente isso sobre o Gean!

Victor da Rosa disse...

Ou seja, os critérios imbecis são para todos. Nisso sou absolutamente coerente.